Paranautas.com - ideias, acoes e debates em prol do grande Parana Clube

Ponto precioso

Após quase um mês sem entrar em campo, Paraná começa a Série B com empate

Publicado em 13/05/2017 - 19:17

O Paraná Clube somou seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro. Na sua estreia nesta edição da Série B, o Tricolor ficou no 0x0 com o ABC-RN, no Franqueirão, em Natal. Foi também o primeiro jogo da equipe sob o comando do técnico Cristian de Souza. Com pouco tempo de trabalho e uma série de desfalques, o treinador armou um time coeso e que praticamente não deu espaços ao adversário.

Além de Cristian de Souza, o Paraná contou com as estreias do lateral-direito Cristovam e do atacante Daniel Morais. “Defensivamente fizemos um bom jogo. A estratégia seria deixar o time mais leve no segundo tempo. Mas, tivemos que mudar duas peças no intervalo, o que nos prejudicou”, disse Cristian, que classificou como positivo o resultado, diante dos vários desfalques. “O lado positivo foi que os três estreantes foram muito bem”, frisou o treinador.

O primeiro tempo foi de raras oportunidades para os dois lados. O Paraná viveu de algumas tentativas de lançamento para Robson e Daniel Morais, mas sem sucesso. No intervalo, Cristian de Souza foi obrigado a sacar Zezinho e Robson, lesionados. Jhony e Murilo Rangel entraram na equipe, mas o panorama do jogo pouco se alterou. Léo fez duas grandes defesas, em uma delas, num chute de longa distância de Gegê. Com a entrada de Minho – o terceiro a estrear – na vaga de Biteco, o Paraná ganhou velocidade. O atacante fez Édson Lisboa trabalhar aos 31 minutos. Mas, o jogo ficou mesmo no empate sem gols.

ABC 0x0 Paraná Clube

ABC: Édson Lisboa; Jonathan Bocão, Oswaldo, Cleiton e Eltinho; Anderson Pedra, Erivelton (Dalberto), Echeverria (Adriano Pardal) e Gegê; Felipe Guedes e Nando (Caio Mancha). Técnico: Geninho.

Paraná: Léo; Cristovam, Rayan, Eduardo Brock e Júnior; Gabriel Dias, Zezinho (Jhony), Guilherme Biteco (Minho) e Renatinho; Robson (Murilo Rangel) e Daniel Morais. Técnico: Cristian de Souza.

Local: Frasqueirão (Natal-RN)

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)

Assistentes: Leonardo Mendonça (ES) e Valberson Braz Zanotti (ES)

Renda: R$ 49.670,00

Público pagante: 1.444

Público total: 3.214

Cartões amarelos: Echeverria e Cleiton (ABC)

Departamento de Comunicação – Paraná Clube



LOJA OFICIAL

PARANAUTAS TV

CLASSIFICADOS PARANAUTAS

ENQUETE

Você manteria o Matheus Costa como técnico?

 

Processando...


Parcial
Enquetes Anteriores

ÚLTIMAS DO CLUBE NA IMPRENSA

GALERIA DE FOTOS

TÚNEL DO TEMPO - O QUE ACONTECEU NA HISTÓRIA DO CLUBE

03/11/1999 - Na partida de volta na Argentina, o San Lorenzo venceu por 2x1. Com o resultado, a partida foi para os pênaltis. Como o goleiro Marcos havia sido expulso aos 44 do 2° tempo, o centroavante Flávio foi para o gol, defendendo 3 penalidades máximas e garantindo a classificação para a próxima fase.

05/11/2000 - Na semifinal, diante do Remo, fora de casa, mais de 55 mil torcedores lotaram o Mangueirão. Vitória paranista por 2x1, gols de Flávio e Márcio.

09/11/1997 - Pela última rodada do Brasileirão, Paraná e São Paulo fazem jogaço e empatam por 4 a 4 no Morumbi.

12/11/1998 - O Paraná Clube vence a equipe do Flamengo (RJ) na última rodada do campeoanto brasileiro por 2 a 1 e permanece na 1ª divisão em 1999.

13/11/2000 - Primeira partida da final do módulo amarelo. Empate na Vila Capanema pelo placar de 1x1.

18/11/2000 - Paraná Clube é campeão da Série B, diante do São Caetano. Gols de André, Reinaldo e Fredson.

20/11/1996 - O Paraná Clube vence a equipe do Santos (SP) por 3 a 0 e o segundo gol paranista foi marcado pelo goleiro Régis, cobrando uma penalidade máxima.