Efeitos da pandemia no Paraná – Coluna ODS

ODS - Os De Sempre Colunas 19 março, 2020

Efeitos da pandemia no Paraná

Neste momento que passamos em nossa sociedade, com crise do Covid-19 (coronavírus), um agente biológico de fácil transmissão, houve a necessidade de suspender as competições futebolísticas ao redor de todo o planeta. Esta paralisação envolve o Paraná Clube em diversos aspectos, que buscaremos abordar através da coluna desta semana.

O primeiro efeito, para nós torcedores, é a impossibilidade de assistir os jogos do Tricolor, sejam no estádio, televisão, etc. Além disso, tendo em vista que foram suspensas todas as atividades paranistas por tempo indeterminado, ficamos também sem notícias e novidades da equipe.

Ocorre que a situação é muito mais profunda ao analisarmos o dia-a-dia do clube. De plano, podemos verificar que a impossibilidade de traçar previsões acerca do retorno impede que os departamentos do clube possam fazer planejamentos para a temporada. A direção vai ter que esperar uma posição da FPF e CBF sobre como campeonatos (Estadual, Copa do Brasil e Série B) irão voltar, como serão jogados. 

Neste sentido não há como planejar as receitas de bilheteria, as cotas televisivas, patrocínios, manutenção das estruturas, por exemplo. Isto impacta fortemente nas formas que o clube gera receita para honrar seus compromissos, e isto, neste momento é uma total incógnita.

Os jogadores e funcionários têm contratos de trabalho com o clube e devem ser pagos os valores referentes a estes, o que já era um problema anteriormente e tende a se agravar. Além disso, jogadores têm vínculos que se encerrariam ao final planejado para o Campeonato Paranaense, o que apresenta duas perspectivas. A primeira é um problema, pois, caso não se consiga prorrogar este vínculos, os jogadores não estarão disponíveis para a eventual fase final do Estadual e, no mínimo, a partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil contra o Botafogo. Outra questão é de que haverá tempo para promover maiores avaliações do elenco, liberando os jogadores que não tiveram rendimento satisfatório, buscando opções de reposição

Além disso, os jogadores foram dispensados, seguindo as orientações das organizações de saúde, mas como são as coisas no futebol brasileiro, ao ser possível o retorno às atividades, não sabemos se as entidades gestoras do esporte concederão prazo para uma intertemporada para que os jogadores recuperem suas condições físicas plenas, o que pode gerar lesões e problemas para o restante da temporada.

Ainda existe a necessidade da recuperação do ritmo de jogo, entrosamento da equipe e possíveis baixas de jogadores que possam ser contaminados pelo vírus durante este período em que a pandemia paralisar o futebol. Ainda na parte física, as incertezas nos fazem pensar que teremos uma maratona do futebol no período pós paralisação, que irá desgastar os jogadores de forma extrema, ocasionando lesões, levando à necessidade da formação de um elenco robusto e com boas peças de reposição.

Receitas

Não é novidade para ninguém que o Paraná vive e depende das cotas de televisão. No Estadual, o valor da DAZN é de apenas R$ 370 mil por todo o torneio. Com a participação e classificação em duas fases, o Tricolor já arrecadou R$ 2,6 milhões na Copa do Brasil. Isso é a receita do clube no momento. Lembre-se que tudo que entra, 20% vai para o Ato Trabalhista.

Com a quantia arrecadada, a direção acertou os salários atrasados (outubro, novembro, dezembro e janeiro – 13º e férias não foram divulgadas) dos jogadores, funcionários e comissão técnica que permaneceram de 2019 para cá. Apenas fevereiro está em atraso. É uma boa notícia para os sofridos colaboradores, que passaram perrengues vexatórios nos últimos meses. Por outro lado, ficará um passivo inevitável pelos processos trabalhistas  de quem saiu e já tem vários entrando.

Daqui em diante, o Tricolor tem uma única garantia em dinheiro em março: a segunda parcela da venda do Jhonny Lucas ao futebol belga. O valor exato a torcida não sabe e cobraremos em breve. A venda de atletas também é uma boa receita, mas o clube tem revelado pouquíssimo ultimamente e vendido a preço de banana as raras joias.

Depois disso, existe a possibilidade de eliminar o Botafogo (derrota de 1×0 na ida) e avançar para a quarta fase da Copa do Brasil, que resultaria em mais R$ 2 milhões. Outro recurso é a cota da Globo da Série B, que deve ser de R$ 7 milhões, que começaria a entrar em maio, mas a paralisação indefiniu tudo. Existe uma chance da emissora, detentora dos direitos televisivos, antecipar as parcelas da cota de TV para amenizar a crise atual no futebol. Torcemos por isso.

O clube possui bilheteria, sócio-torcedor e patrocínios como outros recursos, mas sabemos que os valores arrecadados nessas três frentes, que precisam de reformas e melhorias, somados, não fazem tanta diferença no orçamento da temporada, que aliás ainda não foi discutido e aprovado pelo Conselho.

Investimento/parceria

No que tange ao investimento do grupo de russos, o ponto positivo é que, se os valores a negociação estavam já fechados em euros, com a variação cambial, a quantia de 600 mil euros em 2020 terá uma majoração nominal em reais, além de que concede mais tempo para a conclusão das negociações. Ocorre que, negativamente, também há mais tempo para que os supostos investidores desistam da proposta, deixando o Paraná em uma situação mais complicada. 

Há, ainda, a possibilidade de um grupo de investidores de São Paulo, que fez proposta e corre por fora na disputa da parceria – os detalhes, contudo, não foram divulgados até agora. O Conselho Deliberativo será responsável por avaliar e escolher qual caminho seguir. Praticamente sem oposição entre os conselheiros, a decisão ficará por conta de qual for a preferência do presidente Leonardo Oliveira.


Salientamos há todos os cuidados os quais devem ser tomados para prevenir o contágio do coronavírus.

Como prevenir o contágio:

  • Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
  • Evite aglomerações se estiver doente.
  • Mantenha os ambientes bem ventilados.
  • Não compartilhe objetos pessoais.

Para demais informações acesse:

 http://coronavirus.saude.gov.br


ODS – Os De Sempre



Já baixou o app da Paranautas? Baixe agora e fique por dentro de todas as novidades do Tricolor e da Paranautas:

Disponível no Google Play


*Nota: O conteúdo postado neste espaço (colunas) é de responsabilidade exclusiva do autor, não necessariamente refletindo a opinião da Paranautas sobre os temas aqui abordados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *